segunda-feira, 20 de julho de 2009

As Cores de Lisboa (15)


4 comentários:

LUIS MIGUEL CORREIA disse...

Lindas fachadas lisboetas. Pena que a nossa CIDADE esteja cada vez mais desertificada de gentes e ideias. Olhar Lisboa à noite é um exercício relevante neste campo: uma cidade às escuros com cada vez menos habitantes... Sem vida a CIDADE vai morrendo...

Agostinho Paiva disse...

Gosto muito destas cores... Pode ser que animem mais Lisboa.

Tenho a mesma opinião do sr. Luís Miguel Correia (CACILHEIROS), Lisboa à noite é um deserto.
Um abraço
APS

Ana Cristina Casqueiro Haderer disse...

Que bom seria ver toda a cidade refeita a novo, com fachadas de cores lindas como esta e azulejos.
Quanto vida nocturna da cidade... eu ainda sou de uma geração em que as pessoas iam muito ao cinema, a espectáculos ou só beber um café nas noites quentes de verão e não só. Uma cidade fantasma é uma coisa muito triste...

Maria João disse...

Recuperar é sempre uma decisão acertada. A côr restitui a vida ao que parecia irremediávelmente perdido. Mas ainda há muito por fazer...

Um abraço