domingo, 29 de novembro de 2009

Instantâneos (19)


Banco de jardim não é estendal para roupa.
Por razões óbvias.
E não é crível que alguém se dispa, de calças e de preconceitos, em pleno Parque Eduardo VII.

O cuidado com que a peça de vestuário foi exposta, indica que se trata de pessoa com esmero…

3 comentários:

divagarde disse...

:))) e onde se escondia o dono das calças?
Estariam elas aí propositadamente para uma fotografia pensada, tendo-se o seu dono escondido algures com a chegada do fotografo inesperado? :)

Luisa Moreira disse...

Bela foto! Estar no sítio certo, há hora certa.

Luisa

Ana Cristina disse...

É engraçado, uma pessoa fica a pensar quem deixou ali umas calças. A secar? Esquecidas? Terá o dono comprado umas novas e fez um strip-tease?