terça-feira, 16 de setembro de 2008

As Cores de Lisboa (3)


Jardim Botânico da Ajuda.

1 comentário:

Rui Luis Lima disse...

Caro José Quintela Soares!
Sempre que regressamos ao país que nos viu nascer, trazemos na memória os espaços verdes que descobrimos além fronteiras, sempre repletos de gente a ler ou simplesmente a usufruir do espaço. Na nossa capital temos jardins magnificos, como é o caso do Jardim Botânico da Ajuda, infelizmente a simples ida a um jardim, tornou-se nos dias de hoje, um gesto cada vez mais difícil de concretizar por muitos.
Nós continuamos a passear no seu território, com a alegria de sempre. Passear por Lisboa a pé é urgente.
Abraço cinéfilo
Paula e Rui Lima