sexta-feira, 12 de setembro de 2008

As Cores de Lisboa (2)


2 comentários:

Rui Luis Lima disse...

Caro José Quintela Soares!
Ainda somos do tempo em que o famoso marco do correio vermelho era utilizado para enviarmos cartas para amigos distantes ou manter em dia aquela correspondente que tinhamos arranjado no liceu e que vivia num outro país (uma forma de melhorar o inglês). Hoje em que o mail electrónico quebrou as barreiras do planeta, ainda olhamos com nostalgia esse marco vermelho do correio, porque escrever uma carta usando a folha em branco e a esferográfica/caneta ainda vive no nosso quotidiano.
Abraço cinéfilo
Paula e Rui Lima

Ana Cristina Casqueiro Haderer disse...

Como estou em Londres neste momento, esta imagem tem un valor acrescido para mim. Este vermelho vivo anima as duas cidades, ainda. Aqui em Londres está longe de desaparecer. Espero que em Lisboa assim seja também.