terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Lisboa nas Telas (6)


Bual.

8 comentários:

Luisa Moreira disse...

Gosto muito da pintura de Augusto Bual. Esta pintura, não só é bonita pela, forma como "retrata" Lisboa, como pelas suas cores.

Ti Maria Benta disse...

Expressiva, vibrante, dinâmica.
Um retrato sensível da nossa cidade.

Maria João disse...

Tela para tela, como é diferente o olhar do artista, perante uma cidade para todos, igualmente bela.

Um abraço

Rui Luís Lima disse...

Caro José Quintela Soares
Lisboa respira nesta tela toda a sua beleza.
Abraço cinéfilo
Paula e Rui Lima

MCA disse...

Belíssima. Belíssima a tela e belíssima Lisboa, nela.
Um bom ano.

divagarde disse...

Bual nunca me seduziu. Os Cristos então... Apenas vi, uma vez, um Bual lindíssimo em tons incríveis de cor e luz. Não consigo gostar, não há nada a fazer.

Ana Cristina disse...

Não é o meu género, nunca foi. Mas é uma interpretação de um lugar importante de Lisboa e faz bem em figurar neste blog.

divagarde disse...

Ahhh tão bela esta tela! Belíssima, direi mesmo. Toda ela o meu género. Um olhar tão dinâmico… tão colorido… tão fado seu!

Como é que eu deixei passar este post desapercebido??? E como a minha Lisboa pulsa nela!
Mas, reparo, … Lisboa tão revolta, tão em reboliço… será Lisboa louca no furacão de ontem? Bual clarividente? Místico?
Parece mão do destino … Quiçá… Deus escreve direito por linhas tortas. Porventura, esse mesmo Deus enviou-me, hoje, direitinha a este post.

Gosto tanto, mas tanto do Bual!!!

Muito obrigada por ter aqui trazido esta sensível e singular tela.
:))