quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Rua do Alecrim


Em 1922, havia preocupação com o lixo na cidade...


(Revista ABC)

8 comentários:

Julieta Ferreira disse...

Pena que se tenha perdido essa preocupação. Entristece-me ver Lisboa enxovalhada. A nossa cidade branca merece melhor trato.
Cumprimentos.

APS disse...

Curiosamente era assim de carroça igual à da imagem, que no meu sítio, faziam a recolha do lixo.
Outros tempos!!

Um abraço amigo
APS

Ana Cristina Casqueiro Haderer disse...

A cidade tem tido um ar bastante abandonado e sujo estes últimos anos, o que é uma grande pena. Lisboa era bem mais airosa noutros tempos.

Rui Luís Lima disse...

Caro José Quintela Soares.
O selo "Vale a pena ficar de olho nesse blog" foi atribuído ao "Lisboa Antiga".
Abraço cinéfilo
Paula e Rui Lima

Luciana disse...

Agora há zonas em que o lixo se confunde com a própria cidade. Ou vice-versa!

Abraço

Rui Luís Lima disse...

Caro José Quintela Soares
A rua do Alecrim faz parte da nossa infância. Hoje ao subirmos a rua até ao Largo do Camões e entrando no Bairro Alto numa manhã de domingo o cenário das ruas é um verdadeiro pandemónio.
Abraço cinéfilo
Paula e Rui Lima

Maria João disse...

As ruas refletem sempre a imagem de quem lá vive e de quem lá passa.
Olhando para as ruas que outrora já foram bem mais cuidadas e limpas e que hoje revelam descuido na limpeza e manifesto desprezo pelo zelo das suas calçadas e paredes, fico sempre a pensar... em que raio de povo nos tornamos nós e o que andamos a fazer com o que nos ensinaram!

Um abraço

APS disse...

Não fique triste «Maria João» das ruas não serem limpas.

Eles ainda não inventaram um processo de as limpar directamente de Câmara. Mas já falta pouco.

Cumpts
APS