domingo, 3 de abril de 2011

Outras eras


As vizinhas gritavam de janela para janela.

O pequeno comércio vivia bem, não era necessário sair da rua para fazer compras.

Roupa estendida em improvisados varais. Colorido.

Lisboa antiga, com Tejo sempre em fundo.

1 comentário:

Maria João disse...

E tudo estava tão perto, com o coração a marcar o ritmo dos afectos.

Um abraço